Mamma come back!

1 12 2008

Ai, que dia bom, né? Solzinho…” me vou estar escrevendo me” – linguajar em homenagem ao Doug – sobre uma notícia bem boa mesmo.

A Rolling Stone disse que Nina Hagen está de volta!

Gente, não sabem quem é? Que mundo estão? Não tem nem coragem de falar na minha cara diretamente que eu sou velha? degraçadinhos!

Pois bem, é a mãe do punk, aquela que pegou o Supla, que cantou com ele Linda Ga-ro-ta, de Ber-limmmmmmmmmm…isso mesmo.

A tia tá com 53, já criou os filhões ( Cosma Shiva, 27 anos, e Otis, 18 – um luxo mesmo).

Bom, ela está finalizando seu novo disco e pode sair em uma nova turnê mundial. Isso significa que quando meu fogo de Madonna passar ( pq ela vai descansar depois da turnê, e por bem ou por mal vou ter que sossegar o facho), pode ser que eu tenha uma Nina Hagen para me animar…

Se não tem pão, coma brioche, LadyBug!

Se não tem pão, coma brioche, LadyBug!

Anúncios




Dieta de South Beach é passado!

11 09 2008

Geeeeenza!

Não vejo a hora de comprar a Rolling Stone – se alguém me ver louca zanzando pelas bancas e Fnacs da vida da Paulista, não estranhem.

Vejam essa capa

Acho que vai ser um luxo de reportagem! Um dia com Amy é muito Mastercard, não tem preço!!!!

Uma nota acerca do conteúdo da matéria me deixou meio…sei lá… como posso dizer… interessada? Não sei…whatever…

O fato é que Amyzinha diz que está de dieta…Dieta da Pizza…

“Estou em uma dieta restrita a pizza. É para ganhar peso. Adoro comida, só ando meio estressada”

Atenção: meia stressada estou eu…Amy, amiga, você já chegou ao nirvana do stress!

E do jeito que a coisa vai, acho que só trocando a marijuana e o crystal meth por pizza e fazendo a maratona de 36h sem parar… Não vai dar overdose, no máximo uma embolia… Mas a Amy tá precisando.

Não sei o que isso vai dar, qquer coisa que Amy faça é meio suspeito e inesperado, mas espero que ela recobre a pele coradinha e suas células adiposas!

BeijoAmémTchau!





Entrevista Ney Matogrosso na Rolling Stones deste mês

20 05 2008

Gente, vale muito a pena ver essa entrevista.

O Ney é um show, é tudo. Ainda me lembro de quando minha mãe – uma tiazinha riponga modernete – me mostrou algumas coisas dele no Secos e Molhados, me ensinou a cantar umas músicas. Eu era pequenininha, mas aquilo me fascinou.

Só acho engraçado a repercussão de algumas frases do Ney acerca de maconha, drogas e sexo.

Gente, quem ainda se espanta? – e olhe que essa é uma frase típica do Ney!

Para não dizer que não me espantei com nada, fiquei realmente intrigada com uma passagem que ele faz, dizendo sobre a época boa dos alucenóginos, que foi para Búzios – quando Búzios ainda era linda, segundo ele – e entendeu a onda, as conchas, a areia, o whatever…Ok…até aí normal, até porque a época era dos alucenógenos dos “bão”,  mas o que pega é que neste meio tem um lance que em Búzios tinha só uma rua com pitangueiras e cavalosmorenos se não me engano, vou ler a matéria de novo para confirmar – e com rabos louros.

ney matogrosso

Que raio é isso? Isso é cavalo ou gente?

Acho que ele viu Macunaíma e não sabe.

Nunca vi.

Procurei no Google e não achei.

Eu quero ver um cavalo destes, porra!

Beijo e tchau que fui procurar…quem já tiver visto que comente ou me mande uma foto.