Barack Obama: o hómi pá pum

18 06 2009

Gente, ele realmente é um “Yes, we Can”!

Fiquei muito impressionada com sua destreza para matar a mosquinha, que classe, que precisão, que feeling! Que Barackudo esse Obama!!!!

Mas outra coisa me impressionou também: a quantidade de cabelos brancos que brotaram na cabeça deste homem desde que ele assumiu a Casa Branca…

Será que até o término do mandato veremos Barack fazendo o Mandela?

Ô LadyBug, não avexa o menino Obama!

Ô LadyBug, não avexa o menino Obama!

BeijosABBAjáDiziaTheWinnerTakeItAllTchau!

Anúncios




You fuckin’ luv me just because I’m black!

5 11 2008

E dai que o assunto é o mesmo do post anterior?

Este blog é que nem merenda de escola pública brasileira chinfrin. Se hoje você come carne, amanhã é strogonoff, depois de amanhã carne moída e depois sopa. DIGA NÃO AO DESPERDÍCIO e este assunto reeeende que é uma beleza.

Eu não confio que o Barack Obama seja tudo o que imaginamos que seja, mas uma coisa é fato. Ele não é a favor do Bush e neste momento isso basta para todos nós!

Espero que realmente ele venha com uma mudança, e que seja maior do que a cor e a descendência do novo presidente da maior potência mundial e, conseqüentemente, do homem mais poderoso do mundo e detentor do botão da bomba atômica.

Eu acho que no fundo, mais do que mudanças, o planeta Hollywood precisava mesmo era de esperança, esperança de que um dia tudo melhore, mesmo que isso signifique ir contra alguns dos próprios conceitos os quais eles mesmos acreditam mas ainda não perceberam que é completamente irracional e estúpido, mas até ai beleza.

Eu entrei na Obamania, não posso mentir. Sexta-feira quero beber ObaMartinis (HÁ, SERGINMALÁN!) e comemorar sua vitória.

Agora fica a esperança de, em 2048, seja eleito o primeiro presidente dos EUA naturalizado, com raízes brasileñas si señor e viado. QuenTim Burton vai dominar a América, babe!

E que venham os comentários ácidos. A gente adora despertar a ira dos debilóides!!!

Mr. President

Mr. President

Beijosmeelege





Obama is the World

5 11 2008

Obama ganhou, vamos celebrar, o cara é bacana!

Cada um celebrando à sua maneira, o cantor de rap Will.i.am, do grupo Black Eyed Peas, está lançando uma nova música e um vídeo para marcar a vitória: It’s A New Day.

A música parece ser uma adaptação discurso de Obama para o rap e conta com vocais de celebridades como a atriz Scarlett Johansson, o músico de jazz Herbie Hancock, e a líder do grupo Pussycat Dolls, Nicole Scherzinger. Que lindo, Obama causa a miscigenação dos gêneros musicais!

E tem mais: Will.i.am quer a contribuição em vídeo de outros artistas para o projeto.

Isso tá me cheirando We Are The World… Pra quem acha que é só uma musiquinha de Michael Jackson, vamos Wikipidiar: “Em Janeiro de 1985, 45 dos maiores nomes da música norte-americana gravaram o LP We Are The World, em benefício das vítimas de fome na África. O single, LP e o clipe renderam cerca de 55 milhões de dólares. Formaram o grupo USA for Africa.”

O que será que nossos filhos lerão na Wikiedia daqui uns anos?

1) Hmmmm…procura por It´s a New Day.

2) Resultado: “Em Novembro de 2008, uma meia dúzia de gato pingados nomes da música norte-americana gravaram It´s A New Day, em benefício da nova vítima do sistema, o novo presidente Barack Obama. Ele foi o primeiro negro a entrar na Casa Branca. Assim como numa terra tupiniquim far far away, onde uma pessoa que representava uma minoria subiu ao poder e virou uma bagunça -pois no final ficou parecendo que pobre não sabe governar, esqueceram-se que política é política, e desde que o mundo é mundo não dá para pedir santidade nestes processos, idependente de ser um branco, negro, rico ou pobre no topo – Obama subiu triunfante e desceu não tão belo, porque nem por um cacete dá para consertar o mundo, o american way of life e a puta que o pariu. Mas não interessa, sempre tem um culpado! O single, LP e o clipe renderam cerca de 250 milhões de dólares que foram destinados para que Obama pudesse fazer alguma coisa boa da vida depois de passar tanto perrengue, ajudar a mudar muita coisa na história dos States e do mundo, mas ser considerado incopetente porque não é Jesus e não salva tudo e todos”.

Em tempo: estou triunfante com a vitória do Obama, acho que muita coisa boa vem por aí. Mas a gente sabe como é a vida. Ela não é vermelha, azul e branca com estrelinhas. Infelizmente, preto no branco, branco no preto.

BeijoIHaveADreamTchau





Vitiligo

3 11 2008

Gente. Olhando o Terra me deparo com a seguinte reportagem:

“Obama é mais branco que eu”, diz mãe de McCain

O que mais te espanta? A maquiagem que passam no Obama para ele empretecer, a cegueira da véia, o desespero do McCain usando a sua mãe como arma política em um último grito de socorro, ou o fato de um velho de 72 anos ainda ter a mãe viva?

Olhando a foto, fica a dúvida: será que a véia tá conservada ou ele acabado? Parecem irmãos mano!!!

Beijomeusa